O que a Arábia Saudita e o Brasil tem em comum a nível de exportações

exportações

Autor

A  Arábia Saudita é o maior importador árabe do Brasil em um momento de aumento comercial. As exportações do Brasil para os países árabes aumentaram 22,5% no primeiro trimestre de 2021 e somaram US$ 2,91 bilhões.

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira afirmou em nota que a Arábia Saudita liderou a lista dos maiores países árabes importadores de mercadorias brasileiras no período, com saldo de US$ 526,16 milhões. As exportações brasileiras mais importantes para a região árabe foram minério de ferro e produtos alimentícios (açúcar, aves, carne bovina e grãos), enquanto as vendas de soja e milho registraram alto recorde. 

Ao mesmo tempo as exportações do mundo árabe para o Brasil somaram 1,31 bilhões de dólares no mesmo período; ou seja, um aumento de 11,24% em relação ao mesmo período do ano passado.

Uma curiosidade sobre os países é que tanto a Arábia Saudita quanto o Brasil estão dentro do ranking de países que mais exportam petróleo no mundo. 

Embora os dados em nível mundial estejam disponíveis apenas para 2019, existe uma lista definitiva dos principais países exportadores de petróleo para o ano de 2020, sendo que a Arábia ficaria em segundo lugar e o Brasil em oitavo.

 

 Negociações leais de exportação e importação para Arábia Saudita.
Negociações leais de exportação e importação para Arábia Saudita.

Recuperação do comércio 

Com a reabertura gradativa de fronteiras e o lançamento contínuo de vacinas, a balança comercial do Brasil com os países árabes começou a crescer imediatamente nos primeiros três meses de 2021.

O Brasil e os países árabes conseguiram retomar rapidamente o ritmo de crescimento e fortalecer suas relações comerciais, apesar da pandemia. Espera-se que essa recuperação permaneça em 2021, especialmente agora que estamos vendo um aumento na demanda do consumidor.

A Câmara de Comércio Árabe Brasileira atuará para ajudar a facilitar as atividades comerciais e encontrar novas oportunidades no contexto das relações econômicas árabe-brasileiras. O Brasil é e sempre será um parceiro de confiança do mundo árabe, nesse aspecto.

Comércio Exterior em Itajaí
Estamos em Itajaí/SC, uma das principais cidades portuárias do Brasil.

 

Importações de aves da Arábia Saudita e do Brasil aumentam

A Arábia Saudita foi o principal importador árabe de aves do Brasil em janeiro. Os Emirados Árabes Unidos ficaram em segundo lugar, com 21,7 mil toneladas, uma alta de 3% e US$ 32,8 milhões e queda de 2%. As exportações totais de aves in natura e processadas no Brasil somaram US$ 434,4 milhões em janeiro de 2021.

 

O Brasil é um dos maiores exportadores mundiais de aves.
O Brasil é um dos maiores exportadores mundiais de aves.

 

Os importadores asiáticos, que seguem o calendário chinês, fizeram suas vendas de aves e suínos no início deste ano. Após o Ano Novo Chinês um novo ciclo de exportação terá início, e as vendas para a região devem voltar aos níveis normais. Além disso o papel do Brasil no fornecimento de produtos para países que enfrentam crises de segurança sanitária animal também pode impulsionar as exportações.

 

Insights Relevantes

ZNK Marketing

Cases Recentes

ZNK Marketing
Menu
Traduzir △